Dicas para compra da primeira casa de madeira

Dicas para compra da primeira casa de madeira

Se você batalhou a sua vida toda para alcançar o sonho da casa própria, sabe o quanto são decisões difíceis. E que, mesmo assim, após chegar até o desejado lar, muitas burocracias, estudos, meditações e discussões foram incluídas na sua rotina.

Dicas para compra da primeira casa de madeira

Depois de buscar, juntar e decidir, o sonho da casa própria não estará de fato concluído até que você passe realmente a morar no imóvel. E para isto, depois de tudo acertado, será necessário aguardar o período de construção – nos casos de casa nova. Angustia e ansiedade são os sentimentos mais comuns até que a chave abra a porta que tenha no interior do imóvel as possibilidades de realmente ter um lugar para se fixar.

Como forma de facilitar esse processo e acelerar a construção do lar, cada vez mais é maior o número de pessoas que escolhem por casas pré-fabricadas. Estas casas são vendidas em placas prontas para a estruturação das paredes e telhados, que são produzidos já montado nos locais de produção e entregues.

Com um terreno já plano, os custos de compra, montagem e prazo são bem menores do que as tradicionais construções em alvenaria. O resultado é um lar mais econômico e cheio de charme para você chamar de seu.
Sege algumas dicas iniciais de casas pré-fabricadas em modelos e estilos que são o sonho de qualquer pessoa.

Vai construir sua casa de Madeira? Saiba qual tipo de madeira e melhor para sua construção 

Custos

Certamente a sua primeira preocupação ao ouvir falar em casas pré-fabricadas os custos. Serão caras? As casas pré-fabricadas, seja em madeira ou concreto, têm um custo que podem chegar a até 50% do valor do que se gasta com a construção de uma casa comum de alvenaria.

Se você comprar as peças já prontas, o custo com a mão de obra será menor, assim como o momento de montagem. O que pode encarecer um pouco mais a obra é a precisão de deixar o terreno em condições planas, já que a casa terá a fundação direta no solo. Depois de nivelado o terreno, o período até a entrega total da casa será muito curto.

Rapidez

Assim como o custo para a construção de uma casa pré-fabricada, outra vantagem que chama muito a atenção é quanto ao período de construção de um lar já pré-moldado. Enquanto que as tradições casa de alvenaria levam, no mínimo, 90 dias para serem construídas, as casas pré-moldadas levam um período muito menor, chegando a ter sua estrutura completamente pronta entre 3 e 6 semanas.

Manutenção

A manutenção de uma casa pré-fabricada é semelhante às tradicionais casas de alvenaria. O intervalo de cinco anos é o interessante uma manutenção elétrica e hidráulica, para que a casa proporcione sempre as melhores condições para a moradia. No caso de construções em madeira, é necessário que as madeiras recebam um tratamento completo adequado às variações climáticas.

Em geral as empresas que fornecem estes tipos de casa fornecem todas as informações técnicas pelos tipos de tratamentos pelos quais passaram as madeiras. Não é indicado a compra de casas de madeiras cruas e, no caso de placas de concreto, certifique se de que o material está devidamente tratado com impermeabilizantes.

Madeira x Concreto

As casas pré-moldadas em madeira são as mais comuns e tradicionais no mercado. A instalação com madeiras mantém, em geral, um visual mais igual quanto a textura. A manutenção deverá ser realizada com maior frequência e é sempre indispensável ter uma observação mais próxima quanto ao estado das madeiras.

Já as casas pré-moldadas de concreto dão uma variedade maior quanto aos modelos oferecidos no mercado. As estruturas de concreto oferecem maior resistência e, com isso, a menor necessidade de uma manutenção constante.
Quanto a temperatura ambiente, ambas oferecem boas condições para uma moradia agradável e podem ser planejadas ainda com aberturas que facilitem a ventilação no local. No final, a sua percepção pessoal é que definirá qual o modelo a ser comprado para ser o seu lar.

Estilo

Os arquitetos não costumam economizar quanto ao bom gosto e estilo empregados na construção de uma casa pré-fabricada. Têm diversos estilos, como sobrados, casas mais alongadas, com janelas amplas, varandas amplas e outros detalhes que se somam às suas preferências.

O modelo mais comum, nos casos de construções em concreto é o de estrutura mais ampla e em formato retangular. Já para as casas de madeira, o modelo em formato de chalé é sempre o mais procurado. Existe também a probabilidade de somar ambos elementos na construção do lar. Ter uma boa ideia em mente e contar com um profissional.

Dicas para compra da primeira casa de madeira

Interior

Assim como são simpáticas as fachadas de uma casa pré-fabricada, o interior delas não deve ser menos acolhedor. Com a presença forte da madeira ou concreto, conforme o modelo escolhido, o interior em tamanho reduzido e ambientes integrados permitem excelentes oportunidades de manter uma decoração aconchegante.

Pagamento e financiamento

As construtoras consultadas costumam oferecer diversas formas de pagamento. Além da negociação à vista, pode-se combinar o parcelamento de acordo com o cronograma da obra.

Há aquelas que aceitam veículos como parte do valor, trabalham com sistema de crédito pré-aprovado, cartas de crédito, consórcio e cartão BNDES, entre outros. Outra possibilidade, que não diretamente com os fabricantes, é por meio da Caixa Econômica Federal, que financia imóveis de madeira já construídos ou por construir.

Quando a área úmida é de alvenaria, pode-se financiar 100% do valor; quando não, o financiamento máximo cai para 80%. Em ambos os casos, o limite é de 15 anos. Já o Programa Minha Casa Minha Vida não contempla moradias pré-fabricadas.

Cuidados

Entre os cuidados principais, estão: a manutenção constante da estrutura de madeira, a sucessiva manutenção para que o terreno esteja sempre em condições alinhadas ao imóvel, o cuidado com a procedência dos materiais que serão utilizados para a montagem da casa.

Outros cuidados comuns à manutenção das tradicionais casas de alvenaria também devem ser tomados ao longo do período de moradia.

No mais, é só aproveitar o aconchego das casas pré-fabricadas e fazer com que a decoração a torne o melhor lugar do mundo!

Qual a melhor madeira para construir casas na atualidade

Qual a melhor madeira para construir casas na atualidade

Por ser um material naturalmente resistente e relativamente leve, a madeira é muito utilizada para fins estruturais e de sustentação de construções. Podemos verificas cada dia mais o aperfeiçoamento das técnicas de construção com esse material, que atrai não só pela beleza, mas também pelo isolamento térmico e acústico que proporciona, por sua resistência e até diminuição dos custos da obra.

A madeira é um dos materiais mais usados em arquitetura e engenharia civil. Nos seus diferentes modos de utilização, a madeira pode fazer parte de vários ambientes, principalmente em estruturas, coberturas, móveis rústicos e decorações, podendo ser aproveitada ainda no uso para acabamento interno da casa, como em batentes, portas e pisos como assoalhos, tacos, entre outros.

Um aspecto importante é o aumento das novidades de sustentabilidade na cadeia produtiva da construção com madeira. Cada vez mais edifícios são construídos com a utilização de madeira certificada nas obras e a instalação de sistemas de conservação de água e energia.

Saiba qual e a melhor madeira para usar em seu  telhado 

Segue algumas madeiras para construção brutas e aparelhadas

 Caibros: elemento do madeiramento do telhado. Atua no sentido longitudinal da queda d’água do telhado. Age juntamente com as ripas na distribuição das cargas sobre todo o madeiramento.

 Escoras: peça que sustenta ou serve de assistência a um elemento construtivo quando este não suporta a carga a ele exigida.

Dormentes: elemento usado na composição de escadas e peitoris. Também é utilizado para assentar os trilhos das estradas de ferro.

 Pranchas: peça de madeira plana e delgada, destinada a diversos fins.

Tábuas: peça de madeira plana e delgada, própria para pisos.

Vigas: componente estrutural responsável pela sustentação de lajes. A viga transfere o peso das lajes e dos demais elementos (paredes, portas, etc.) para as colunas.

Madeiras de qualidade

Para ter certeza da qualidade da madeira deve, em primeiro lugar, devemos verificar a idoneidade da madeireira e a procedência do material. É importante verificar questões de reflorestamento e sustentabilidade, não prejudicando o meio ambiente. Conheça as vantagens do uso de madeiras na construção.

Espécies de madeira

Amescla: Madeira fácil de serrar, moderadamente fácil de aplainar, oferecendo superfícies radiais ásperas. Uso: construção civil, caixas, engradados, móveis, divisórias e outros.

 Angelim: Fácil de trabalhar, acabamento de regular a bom na plaina, torno e broca. Uso: peças de decoração para exteriores e interiores, escadas, pisos, vigas, dormentes, estacas, tacos de assoalhos, vigamentos, etc.

Cedrinho: Oferece rentabilidade linear e volumétrica baixas e propriedades mecânicas entre baixa e média. Uso: venezianas, rodapés, guarnições, cordões, forros, etc.

Champanhe: Madeira muito resistente e firme. Uso: pontes, construção pesada, portos, estacas, obras imersas em ambiente de água doce, vigamentos, carpintaria, tacos, tábuas para assoalho, etc.

Curupixá: Fácil processamento no torno e na broca, procedendo em excelente acabamento. Uso: torneados, móveis, artigos domésticos decorativos, utensílios domésticos, produção de chapas e outros.

Faveira: Fácil de trabalhar. Uso: embarcações, móveis, artigos domésticos decorativos, brinquedos, artigos domésticos utilitários, compensados e outros.

Garapeira: Madeira considerada fácil de ser trabalhada. Recebe bom acabamento. Uso: construção de estruturas externas, dormentes, postes, estacas, mourões, carrocerias, vigas, caibras, ripas, tábuas, tacos para assoalhos, marcos de portas e janelas, etc.


Guariúba: Madeira fácil de trabalhar. Cola bem. Uso: Construção civil e naval, móveis, torneados, pisos, instrumentos musicais, caixas, engradados, chapas e outros.

 Itaúba: De baixa retratibilidade em relação à densidade, resistência mecânica alta a média e durabilidade alta. Uso: assoalhos, postes, pilares e dormentes, carpintaria, tacos, estrutura de pontes, cruzetas, vigas, caibros, tábuas, marcos de portas e janelas, implementos agrícolas, confecção de peças torneadas, etc.

Jatobá: Muito resistente aos fungos e cupins. Uso: construção civil, estacas, carroçaria, postes, tonéis, dormentes, móveis finos, laminados, assoalhos, tanoaria, vigamentos, cabos, ferramentas, etc.

Jequitibá: Madeira brandamente pesada. Uso: estruturas de móveis, peças torneadas, molduras, compensados, cabos de ferramentas, caixotaria e construção civil para vigas, caibros, ripas, etc.

Louro Canela: Ótima para se trabalhar tanto com ferramentas manuais como mecânicas. Cola bem e admite excelente acabamento. Uso: construção em geral, lambris, vigas, caibros, ripas, rodapés, molduras, guarnições, tábuas, pranchas, peças torneadas, marcenaria, compensados, etc.

Maracatiara: Fácil de trabalhar e propicia excelente acabamento. Recebe bem pintura, verniz, lustro e emassamento. Uso: vigas, caibros, ripas, tacos e tábuas de assoalho, marcos ou batentes de portas e janelas, esquadrias, caixilhos, forros, lambris, etc.

Peroba: De resistência mecânica e rentabilidade médias. Uso: interiores, decoração, pisos, painéis, entalhes, esquadrias, móveis, peças torneadas, cabos de ferramentas, tacos, tábuas para assoalhos, vagões, carrocerias, etc.

Pinnus: Madeira fácil de tratar. Uso: ripas, partes secundárias de estruturas, cordões, guarnições, rodapés, forros e lambris, pontaletes, andaimes, formas para concreto.

Tatajuba: Fácil de trabalhar com ferramentas manuais ou mecânicas. Recomenda-se perfuração prévia à colocação de pregos. Uso: dormentes, vigas, caibros, ripas, marcos de portas e janelas, rodapés, tábuas e tacos para assoalho, cruzetas, etc.

Tauari: Fácil processamento, gerando superfície de acabamento liso. Boa colagem. Uso: peças encurvadas, marcenaria, lâminas, compensados e outros.

Passo a passo de construção de uma casa de madeira

Passo a passo de construção de uma casa de madeira

A construção de casa em madeira é o mais usado em alguns países, principalmente da América do Norte, Europa. o sistema balão, foi desenvolvido nos Estados Unidos, E vem sendo usada desde então. O sistema balão é uma construção muito bonita formada de madeira pequenas na transversal. Esse sistema raramente se usa no Brasil, devido a falta de técnica e de alguns materiais básicos, como painéis e perfis de madeira de tamanhos adequados.

Passo a passo de construção de uma casa de madeira

A fundação é uma base de apoio ao piso da construção. tem basicamente três formas diferentes: laje de fundação ou “radier”, sapata corrida de concreto armado, ou pilotis simplesmente cravados no terreno ou apoiados sobre blocos. A escolha do tipo de fundação depende do terreno. O piso pode ser de vários materiais: madeira, cerâmica e concreto. De preferência a madeira já secas, para evitar futuras frestas, ou mesmo estalos na madeira.

Geralmente a madeira usada na construção de casas são madeira maciça que não atraem cupins, são elas:

1. Maçaranduba ou Paraju: madeira escura, bem vermelho-amarronzada

• Angelim Pedra: madeira de cor castanho avermelhado claro ou escuro, com manchas castanhas

• Grápia, Garapa ou Amarelinho: madeira de cor bege amarelada ou bege rosada
• Ipê: madeira de cor pardo-acastanhado ou pardo-claro

• Itaúba: madeira de cor amarelo-esverdeado.

Pode se fazer necessário o tratamento do terreno contra cupins, afim de dar mais durabilidade a madeira contra cupins, embora toda a madeira da casa em construção dever ser já previamente tratada contra os cupins, pois assim terá mais durabilidade.

A madeira tem uma ótima durabilidade, tomando as medidas necessárias, contra os cupins e umidade, a vida útil e de aproximadamente 100 anos.
A madeira é um isolante térmico natural, retendo poucas volume de ar, retendo o calor ou o frio. A manutenção anual consiste em lavagem externa da casa, e a cada 5 anos a aplicação de verniz. A construção fica em torno de 20% mais barata que a alvenaria.

A construção:

Vamos exemplificar com uma fundação de radier, que nada mais é do que uma fundação ,rasa que distribui o peso da casa de forma balanceada. Geralmente, este tipo de fundação aguenta o peso de ate 4 ou 5 pavimentos. Neste tipo de fundação é preciso esta bem ciente da forma da casa, pois é necessário marcar onde estará as instalações hidráulicas e em alguns casos também as elétricas .

Depois de tudo planejado armasse a treliça e concretas se esperando a secagem por um período de 72 horas para começar de fato a construção da casa.

Para a fixação das vigas de sustentação é necessário que se merca onde ela será fixada, e marcada para que se faça os furos no concreto para com uma broca própria e depois fixando os parafusos com a chave correta para manter bem presa ao chão. Normalmente se usa um suporte de ferro para dar maior sustentação.

O que é barrote?

É uma peça de madeira na qual fica na laje, para que se construa o piso de madeira. O barrote é colocado sobre o piso da fundação com espaçamento de 30cm entre si, e aplica se o o.s.b (um tipo de tacume de madeira) bem pregado aos barrotes para fazer um contra piso. O osb oferece uma base lisa para receber qualquer tipo de piso.

O que é o.s.b?

uma espécie de tacume, de madeira tipo uma folha grande e lisa de madeira que pregada ao chão ou a parede, torna -se reta para receber piso, ou mesmo a massa corrida em paredes. As vigas de madeiras são necessárias para apoio de sustentação e distribuição de peso no telhado.

Paredes construídas de perfis metálicos ou de madeira e estruturadas com painéis de OSB tem grande resistência A estrutura das paredes suportam o peso do telhado, por isto é importante um bom vigamento. As paredes geralmente usa tesoura para suportar um maior peso do telhado.

O baldrame, e a soleira deve ter uma impermeabilização para não ter contato com a umidade, para assim dar uma maior durabilidade a madeira.
os painéis de piso pode ser feita antes ou mesmo depois que forem feita a parede e o telhado, onde ficará instaladas as portas e janelas necessita de estrutura especial, ou seja as chamadas vergas para suportar o peso, não fazendo com que ele desça sobre as portas e janelas para não empenar.

Como são as vergas?

São estruturas de madeira com um pequeno tamanho, que funcionam como vigas para distribuição do peso na estrutura como portas e janelas.

E a contra verga é a mesma estrutura da verga porém fica na parte baixa da janela ou porta fazendo um tipo de ligação entre as estruturas. Terminada a parte estrutural se usara o, osb para fechamento de parede tomando cuidado de marcar as tomadas e colocar todo o encanamento de água e luz, tudo já pronto fecha as paredes com as placas de osb. É recomendável o uso de uma manta impermeável na parede externa, evitando que a umidade infiltre na madeira. fazendo isto pode ser dar o acabamento de madeira externo. ou usando a massa apropriada para exterior.

Nas paredes internas, pode-se usar uma massa fina e receber a pintura, ou mesmo usar verniz e deixar as madeiras expostas.

As paredes internas que dividem os cômodos são da mesma altura da parede externa. Existe muitos telhados mais leves são eles, fibrocimento, e fibro-asfálticas, mais ainda no Brasil se usa muito as telhas de barro(tipo colonial)
A pré fabricação tem sido o meio mais econômico na construção de casas de madeira, tornando o custo beneficio satisfatório. Não tirando o charme e o ambiente aconchegante de uma casa que não seja pré fabricada.

Homem Constrói sua própria casa na arvore

Homem Constrói sua própria casa na arvore

Gosta de casa na arvore então vai virar fá desse cara! Com 28 anos Foster Huntington levou a sério a brincadeira e hoje vive em sua própria casa na arvore, em Washington, nos Estados Unidos.

A linda casa foi erguida de um sonho de infância de ter uma casa na arvore. E este homem conseguiu muito mais. A casa conta com uma pista de skate e uma banheira de hidromassagem a lenha! A linda construção demorou mais de 1 ano para ser feita mais o resultado e incrível veja:mini_casa1 mini_casa2 mini_casa3  mini_casa4  mini_casa5 mini_casa6 mini_casa7

Mais esta casa não foi a única que foi feita , que já viveu alguns anos em uma van e chegou a lançar a hashtag #vanlife. A princípio, ela era usada apenas como uma brincadeira entre amigos para registrar o quanto era frio viver em uma van, mas a coisa acabou pegando e hoje a hashtag é bastante conhecida na rede.

mini_casa3

O jovem ainda trabalha como fotógrafo e social media freelancer e já lançou alguns livros de fotografias, que o ajudaram a manter a vida na estrada. Um deles é o The Burning House, que registra imagens de itens que as pessoas pegariam caso suas casas estivessem pegando fogo.

Com este dinheiro das vendas da publicação foi o que permitiu que ele começasse a ter uma vida estável financeiramente sem deixar as aventuras de lado!

mini_casa4

Casa de Madeira: Medos e Vantagens

Casa de Madeira: Medos e Vantagens

Construir uma casa por meio da própria vontade é o que muitas pessoas querem, porém não é muito fácil porque tem de contar com muito dinheiro para os materiais e mãos de obra a serem feitos e com isso, é preciso de muita paciência. O que muitos casais passam no tempo de escolha da casa, sobre como vão escolher sua casa, como vai ser feita ou se será comprada já pronta, tudo isso causa muitas discussões, discussões que se diga do fato de acontecer muitas conversas, muitas reuniões entre o casal e talvez até a família, para poderem chegar à uma decisão unânime e para que tudo ocorra bem.

mini_casa-madera-elevada2-e1437855944626
A casa é um fato importante na vida de um casal, porque ainda que seja uma pessoa solteira, sempre irá querer estar em seu cantinho, seja sozinho ou não; portanto, é preciso pensar muito bem sobre o tipo de casa que você irá morar, casa como “cantinho”, seja em apartamento, num edifício, casa térreo mesmo, enfim. E como foi dito, construir uma nova casa (ou a primeira casa própria), pode realmente ser muito caro e bastante trabalhoso, uma vez que envolve muita coisa como a compra de um terreno, a contratação de uma arquiteta para a produção do projeto e finalmente, a obra.
Portanto, uma boa opção para isto, são as casas de madeira pré-moldadas; elas caem bem em qualquer região e em qualquer clima. Quando se pensa neste quesito, é claro que todos querem sua casa bem aconchegante, e este tipo de imóvel é, por incrível que pareça, é construído rapidamente e projetado ao gosto do cliente; são várias as opções e o valor a ser cobrado geralmente varia de acordo com o desenho e tamanho da casa; segundo vendedores e mesmo arquitetos, a casa é construída na fábrica e sai pré-moldada para o local de instalação, e um projeto de, por exemplo, 100m² é finalizado em pelo menos 15 dias.
A casa fica sim agradável, pois no inverno ela fica quente e no verão se torna fresca, por mais incrível que pareça, as vezes é até um pouco difícil de acreditar, mas para quem já vive em casas arquitetadas neste modo, com certeza pode afirmar o mesmo, além do pode montar do jeito que desejar, se um dia der vontade de aumentar a casa, isso é fácil pelo simples fato de ser uma obra até limpa e sem sujeira. Toda a parte estrutural além das paredes, é feita em madeira de lei e com acabamento cedrinho, mas claro, depende das madeiras e da fábrica/empresa também. As paredes podem ter sistemas de painéis, revestida com lambris, o assoalho de madeira pode ser colocado nas salas, em quartos e corredores também.

O ponto “assustador” sobre casas de madeiras

Como para todo bem sempre tem o mal e como para todo mal sempre tem o bem, não dizendo fazer uma casa de madeira trará “o mal”, mas para ter uma casa de madeira é preciso alguns cuidados especiais, assim como toda casa comum mas de madeira especialmente, precisa-se de um cuidado um pouco mais especializado. 

  Qual o medo que vem sobre quem tem casa de madeira? Os cupins. Infelizmente não dá para combater a natureza, pois ela age de forma totalmente livre e natural como a palavra já diz, porém, quanto aos nossos materiais “contra” a natureza, há meios de se ter cuidado para que a natureza não venha a invadir e acabar com nossos materiais, sejam grandes ou pequenos. Quanto aos cupins, é recomendável que o solo da construção seja imunizado e por isso, a madeira a ser utilizada deve ser de boa qualidade, com uma resistência natural ao cupim.
Há uma lei de Manutenção, da qual diz que as empresas são obrigadas a dar cinco anos de garantia em caso de problemas naturais. A manutenção que o proprietário deve fazer para manter a casa bem conservada é simples, não exige mão de obra especializada. A cada dois anos que se passam, a empresa precisa passar uma lixa para tirar o brilho do verniz e aplicar uma nova mão na parte externa, por conta da incidência de raios solares na madeira.
O verniz aconselhado a ser utilizado, pode ser o marítimo que possui filtro solar e aguenta grandes pancadas de chuva em sua estrutura; na parte interna da casa, é aconselhado que o mesmo procedimento seja executado de quatro a seis anos após a primeira aplicação; quanto à parte de limpeza interna, de pisos e paredes, o melhor a se fazer é passar um pano úmido pela casa e isso já basta.

Casas de Madeira Pré-Fabricadas

Casas de Madeira Pré-Fabricadas

mini_casa1
Uma grande parte da população do Brasil não têm suas casas feitas de madeira/pré-moldadas, porém das pessoas que têm suas casas feitas de madeira, geralmente, não tem muito do que reclamar, pois além de serem casas bem diferentes, são bem mais sustentáveis, diferentes, bonitas e até autênticas; e elas combinam bastante com regiões de serras e mesmo com as regiões do interior do Brasil.
Inicialmente, as pessoas preferiam uma casa de madeira porque era a opção mais em conta que elas encontravam para poder enfim ter um lar, porém isso mudou depois que casas pré-fabricadas trouxeram uma modelagens modernas e também aconchegantes, mesmo para quem gosta de morar em ambiente urbano com muita zona. Para quem não sabe, as casas de madeira são, sem dúvida alguma, bem confortáveis e ajudam a manter o ambiente com uma temperatura muito boa, mantendo o calor em épocas frias e deixando a casa ou o local seja lá qual for, bem fresco se o problema for sol.
A casa de madeira pode ser a solução que você precisa para ter uma casa própria do jeito que você sempre quis, além do que as casas de madeira que são pré-fabricadas têm mais vantagens. Claro que no Brasil, o tipo de construção mais comum são as casas de alvenaria, que mais parecem seguras em um primeiro momento; todavia, nos países corriqueiramente assolados por desastres naturais como terremotos, tufões, ciclones, entre tantos outros, a alternativa de moradia mais segura são as casas de madeiras, porque elas são leves e caso caiam devido algum desses desastres, as chances de sobrevivência das pessoas são bem maiores.
Outro tipo de estrutura feita de madeira que pode ser bem sustentável e perfeita, é uma estrutura modelar ecológica, que é um outro fator do qual faz com que as pessoas prefiram uma casa de madeira, pois que aliás, uma casa feita com uma estrutura modular consegue ter uma melhoria quando o assunto no caso é preservação ambiental, claro que casas de madeira pré-fabricadas acabam gerando alguns estragos à natureza se a madeira for irregular, sendo assim é que é muito importante fazer a solicitação da certificação da madeira e também saber a procedência dela antes de fazer a compra. Porém, se a origem da madeira for regular, sem dúvidas, a pessoa estará fazendo um grande bem à natureza, isto porque a criação de uma casa de madeira acaba por gerar menos resíduos, porque não necessita de cimento, cal e tantos outros itens que acabam poluindo cada vez mais; uma casa pré-fabricada de madeira já vem pronta para somente ser montada, assim como se fosse um quebra-cabeça, o que além de prático, é bem interessante também.

Conheça alguns modelos de casa de madeira pre-fabricadas:

mini_69153-Casas-de-madeira-pré-fabricada-fotos-preços-25mini_69153-Casas-de-madeira-pré-fabricada-fotos-preços-31mini_casa-de-madeira-pre-fabricada-madecentermini_casa-madeira-2-445960_445960mini_casa-simples-de-madeira

Veja também: Como fazer uma Casa de Madeira Modular 

mini_images

Veja mais lindos modelos de casa de madeira no vídeo abaixo, e comece a montar a sua.

Gostou dessas dicas, conheça também a casa pré-fabricada que produz sua própria energiaaté mais e se gostou deixe seu comentário.

Casa de Madeira de José Mourinho

José Mourinho falou  que não gosta do seu país, pelo que decidiu avançar com a construção de uma casa na sua terra natal, bem perto de Setúbal. A família de José Mourinho está a construir a sua nova casa de férias em Tróia, esta nova casa é uma residência de luxo, segundo o Correio da Manhã.

 mini_nh

Esta casa está no Tróia Resort, onde os preços de condomínio começam a partir dos 750mil euros. A casa de Mourinho tem 2 pisos e é uma casa de madeira, eco-friendly, para além de ser uma casa de madeira luxuosa tem duas piscinas, fica perto do lago, do campo de golfe e da marina.

José Mourinho procura sempre dar o melhor à família e, desde que se tornou num dos mais bem pagos treinadores do Mundo, o técnico do Real Madrid tem investido principalmente em casas de luxo. Ainda neste ano, o técnico pôs à venda a sua moradia em Setúbal – pedia aos interessados cerca de um milhão de euros – e mudou-se para uma quinta na zona de Azeitão que oferece o conforto e a privacidade que o ‘Special One’ exige.

No entanto, esta casa tem sido agora pouco frequentada pois a família Mourinho está a viver em Madrid, no condomínio La Finca – um dos mais luxuosos da Europa -, onde também residem vários futebolistas, como Cristiano Ronaldo, Kaká, Raúl, Guti, Fernando Torres eAgüero.

Desvantagens das casas de madeira

Desvantagens das casas de madeira

Assim como qualquer outro material de construção, as casas de madeira poderão apresentar diversas vantagens e desvantagens, que deverão sempre ser muito bem equacionadas por parte de quem pretende optar por uma. Dependendo das prioridades e preferências pessoais de cada pessoa, uma casa de madeira poderá ou não revelar-se uma opção adequada. Como tal, não deverá nunca proceder à compra de uma casa deste tipo sem antes ponderar muito bem todas as desvantagens que lhe poderão estar associada, pois só assim evitará vir a arrepender-se no futuro.

Assim como qualquer outro material de construção, as casas de madeira poderão apresentar diversas vantagens e desvantagens, que deverão sempre ser muito bem equacionadas por parte de quem pretende optar por uma. Dependendo das prioridades e preferências pessoais de cada pessoa, uma casa de madeira poderá ou não revelar-se uma opção adequada. Como tal, não deverá nunca proceder à compra de uma casa deste tipo sem antes ponderar muito bem todas as desvantagens que lhe poderão estar associada, pois só assim evitará vir a arrepender-se no futuro. Resistência questionável Apesar dos bons níveis de resistência e durabilidade apresentados pelas casas de madeira de qualidade superior, a verdade é que, casas construídas com este material, principalmente as mais económicas, poderão revelar-se muito mais susceptíveis a desastres naturais do que outros tipos de casas. Em regiões caracterizadas pela ocorrência regular de cheias, furacões e sismos, uma casa de madeira poderá não oferecer todos os níveis de protecção e estabilidade requeridos, daí representar uma opção, por vezes, bastante questionável. Ruídos incómodos Apesar disto não representar exactamente um problema para todas as pessoas, a verdade é que, o ranger típico da madeira é, para alguns, um ruído bastante incómodo, que poderá causar algum desconforto caso seja necessário lidar com ele numa base diária. Este é um problema minoritário, mas que ainda assim poderá não se revelar do agrado de muita gente, e até constituir uma razão para não investir numa casa deste tipo. Necessidades especiais de manutenção A madeira, para que dure e ofereça os níveis de resistência desejados, necessita de ser devidamente tratada. Isso significa, entre outras coisas, prestar atenção a todas as suas necessidades, e proceder a uma boa manutenção ocasional da mesma, para que todas as suas propriedades sejam correctamente preservadas. Se, para si, este factor representa um grande inconveniente, então talvez uma casa de madeira não vá directamente ao encontro das suas necessidades e preferências pessoais. Mas tem vantagens.. Embora todas as desvantagens referentes a casas de madeira publicadas anteriormente, este tipo de habitação continua a ser uma escolha excelente e económica, se pretende mesmo avançar com uma ou ainda não tem certezas depois de ver as desvantagens, aconselho-o a verificar as vantagens das casas de madeira.

Resistência questionável

Apesar dos bons níveis de resistência e durabilidade apresentados pelas casas de madeira de qualidade superior, a verdade é que, casas construídas com este material, principalmente as mais económicas, poderão revelar-se muito mais susceptíveis a desastres naturais do que outros tipos de casas. Em regiões caracterizadas pela ocorrência regular de cheias, furacões e sismos, uma casa de madeira poderá não oferecer todos os níveis de protecção e estabilidade requeridos, daí representar uma opção, por vezes, bastante questionável.

Ruídos incómodos

Apesar disto não representar exactamente um problema para todas as pessoas, a verdade é que, o ranger típico da madeira é, para alguns, um ruído bastante incómodo, que poderá causar algum desconforto caso seja necessário lidar com ele numa base diária. Este é um problema minoritário, mas que ainda assim poderá não se revelar do agrado de muita gente, e até constituir uma razão para não investir numa casa deste tipo.

Necessidades especiais de manutenção

A madeira, para que dure e ofereça os níveis de resistência desejados, necessita de ser devidamente tratada. Isso significa, entre outras coisas,  prestar atenção a todas as suas necessidades, e proceder a uma boa manutenção ocasional da mesma, para que todas as suas propriedades sejam correctamente preservadas. Se, para si, este factor representa um grande inconveniente, então talvez uma casa de madeira não vá directamente ao encontro das suas necessidades e preferências pessoais.

Mas tem vantagens

Embora todas as desvantagens referentes a casas de madeira publicadas anteriormente, este tipo de habitação continua a ser uma escolha excelente e económica, se pretende mesmo avançar com uma ou ainda não tem certezas depois de ver as desvantagens, aconselho-o a verificar as vantagens das casas de madeira.

Vantagens das Casas de Madeira

Vantagens das Casas de Madeira

Apesar de se revelarem extremamente comuns no estrangeiro, as casas de madeira ainda representam uma alternativa de habitação muito pouco explorada em Portugal e bastante explorada no Brasil. No entanto, apesar de todos os mitos associados à qualidade e resistência das mesmas, estas casas podem comportar consigo um elevado número de vantagens, que fazem delas opções de alojamento verdadeiramente fiáveis.

casa de madeira, casas de madeira, vantagens, vantagens cada madeira

Algumas das suas vantagens:

Bom isolamento

O excelente isolamento térmico que caracteriza as casas de madeira contribui para controlar naturalmente as temperaturas sentidas dentro de casa, tornando-a assim nem muito fria nem muito quente durante o ano inteiro

Bons níveis de durabilidade

Ao contrário da crença popular, as casas de madeira não são, necessariamente, mais frágeis do que aquelas construídas noutros materiais, e a prova disso é a existência de casas de madeiras com uma durabilidade de centenas de anos. Quando construída a partir de madeira de boa qualidade, uma casa deste tipo não apresentará quaisquer tipos de problemas de durabilidade.

Preço

A possibilidade de poupar quantias surpreendentes de dinheiro é mais uma das grandes vantagens inerentes à escolha de uma casa em madeira. Ao optar por esta alternativa, os valores a poupar poderão facilmente superar os 20%.

Tempo de construção

Em média, o tempo necessário para a construção de uma casa de madeira será sempre inferior ao necessário para a construção de uma casa de tijolo. Se pretende construir a sua casa de raiz, mas a ideia de esperar demasiado tempo não lhe parece favorável, poderá optar por uma casa de madeira, e assim ver a sua casa construída num curto espaço de tempo. Dependendo do tipo de construção, a conclusão de todo o processo não deverá demorar mais do que uns poucos meses.

 

Preço Casa de Madeira

Preço Casa de Madeira

Não importa o tipo da Madeira, o tamanho da casa ou a ousadia do projeto, uma casa de madeira terá, sempre, benefícios únicos como:

Preço Casa de Madeira
– Sistema de Controle interno de calor inigualável (fresca no calor) e (retem temperatura interna no frio)
– Empreendimento inovador (chama atenção e desperta curiosidade)
– Coloca-se a parte das taxões de preço da vizinhança, pois dificilmente arbitra-se preço a casa de madeira.
– Respeita o Meio Ambiente e estimula o reflorestamento (ocasiona menos impacto com restos e sobras de uma obra comum).
– Fidelidade ao planejamento (na maioria das vezes, compra-se quantidade extada de madeira que será utilizada, evitando-se desperdícios).

Pensando em Comprar uma casa de madeira, resulta em uma série de fatores que devemos nos decidir antes de pesquisar preço, empresas e formas de pagamento.

  • Projetos de Baixa Renda: Surgiu algumas décadas no Sul do Brasil e no MS, casas construídas em pinus (madeira de médio prazo de durabilidade)

Custo de Uma casa de Madeira

No Brasil, uma casa de madeira é mais cara em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, onde um projeto de dois quartos e um banheiro, com 36 metros quadrados, não sai por menos de R$ 40 mil. Em Porto Alegre e Belo Horizonte, o investimento é de R$ 22 mil, em média. A estes valores, deve ser acrescido o preço do terreno e os custos com mão de obra.

Este custo varia também de acordo com a material empregado na construção. Em geral, as casas de madeira construídas com cedro são mais baratas, mas isto também depende da oferta do material no local das obras. Imbuia, jacarandá, cerejeira, ipê, jatobá e muitas outras árvores podem ser consideradas.

O valor pode ser menor se o proprietário adquirir apenas um kit de madeiramento (sempre certificando-se previamente sobre a idoneidade da empresa fornecedora).